Blog

Vai contratar? Saiba como fazer um processo seletivo eficiente!

Vai contratar? Saiba como fazer um processo seletivo eficiente!
  • MaxJus MaxJus
  • Carreira
  • 0 comentário

Qual empresa não sonha em ter uma equipe engajada e produtiva? 

Com o objetivo de chegar nesse cenário, empreendedores têm percebido a importância de se criar um olhar estratégico para a área de recursos humanos.

E é aqui que entra a relevância de um processo seletivo bem estruturado

Este procedimento é fundamental para a contratação de colaboradores adequados, que podem contribuir positivamente para o sucesso e crescimento da organização.

Entre os benefícios significativos que um processo seletivo eficiente pode trazer, estão: aumento da produtividade, redução de custos, melhoria do ambiente de trabalho, mais inovação e melhoria da reputação da empresa.

Quer saber como montar uma seleção de talentos que vá atender as demandas do seu negócio? Então continue a leitura!

O que uma empresa busca com a contratação 

Antes de divulgar a vaga em grupos de emprego ou plataformas de RH, é necessário analisar as reais necessidades da organização para aquele cargo. 

Alguns questionamentos podem guiar essa pesquisa:

Quais habilidades e qualificações são imprescindíveis? Quais podem ser treinadas ao longo do tempo? 

Se havia uma outra pessoa na posição, vale a pena verificar quais foram as entregas durante o período, que lacunas deixaram de ser preenchidas e o que pode ser aperfeiçoado.

Passada essa etapa, é o momento de preparar a descrição da vaga

Seja claro e transparente sobre o que deseja encontrar no mercado de trabalho. Segue algumas sugestões que demonstram a sua objetividade com a vaga:

  • Cargo;
  • Localização e horário de expediente;
  • Atribuições do cargo;
  • Requisitos mínimos;
  • Diferenciais;
  • Informações adicionais (plano de benefícios, regime de contratação, etc).

Divulgando esses dados, você tende a encontrar candidatos mais habilitados para o cargo e diminui o volume de currículos não qualificados. 

Identificando possíveis talentos

Os recrutadores podem utilizar várias técnicas para analisar os currículos recebidos, desde que todas elas tenham o mesmo propósito, que é o de identificar perfis mais relevantes para a vaga. 

Sistemas de processo seletivo e consultorias especializadas em gestão de pessoas são ferramentas que podem auxiliar no processo de triagem. 

Após levantar as preferências, inicia-se uma das etapas mais importantes do RH, que é a entrevista de emprego.

Como proporcionar uma entrevista de emprego assertiva (para a empresa e para o candidato)

É na entrevista que o recrutador poderá confirmar a experiência e habilidades descritas pelo candidato em seu currículo, por meio de uma conversa mais próxima. 

Em contrapartida, é o momento em que a empresa apresenta maiores detalhes do cargo, expectativas para o desempenho da função e sua cultura organizacional.  

Veja algumas sugestões para um melhor aproveitamento desta etapa:

  • Revise o currículo do profissional antes de iniciar a conversa, para ter um maior aproveitamento do tempo e explorar novas informações que não estão no documento;
  • Crie um roteiro para a entrevista e explique ao candidato como tudo irá ocorrer, assim ele ficará mais confortável, afinal, uma entrevista de emprego pode ser um momento de nervosismo para muitas pessoas;
  • Utilize algumas perguntas e compare as respostas dos candidatos posteriormente: o que lhe interessou na vaga, como costuma lidar com pressão, pontos fortes e pontos de melhoria, entre outras.
  • Esteja disposto a responder dúvidas que possam ser levantadas pelo candidato. Todas as informações devem estar alinhadas para ambas as partes.

Toda retenção se inicia no processo seletivo

Como vimos, cada fase do processo seletivo deve ser devidamente planejada e estruturada, de maneira que seja possível aproveitar os melhores talentos para a vaga.

Todos concordamos que, para obter maior engajamento e performance do time, as expectativas devem estar alinhadas, não é mesmo? 

O candidato precisa saber onde a empresa está, onde quer chegar e qual a contribuição que ele pode gerar. 

Junto com essa perspectiva, é interessante pensar um modelo de gestão voltado para a valorização e o crescimento profissional dos colaboradores, com foco em diminuir a rotatividade da equipe e aumentar a retenção de talentos. 

Se você, empreendedor, se identificou com este conteúdo e deseja uma consultoria para melhorar os processos seletivos da sua empresa, fale já comigo!

Sobre a autora

Miriellen Costa é gestora de negócios há mais de 5 anos e possui especialidade em gestão de pessoas. Tem como propósito conectar talentos e empresas. Para conhecer mais do trabalho da Miriellen, faça contato clicando aqui!

Comentários