Conheça 5 ações de publicidade na Internet para seu escritório de Advocacia

Publicidade na internet pode ser algo mais simples do que você imagina, como o ato de fornecer informações corretas, já que em todo modo, a internet é baseada em dados e informação.

Quanto mais dados corretos e informações relevantes você fornecer para um público direcionado, mais os algoritmos te ajudarão a conquistar esse público.

Neste artigo, vamos falar de 5 ações de publicidade que que talvez você nem pense que se trate de publicidade ou marketing jurídico. Mas nós vamos explicar exatamente por que são! Acompanhe a leitura.

 

 

5 ações simples de publicidade para seu escritório de advocacia

1- Criar uma conta no Jusbrasil pode ser uma boa ideia para alguns segmentos de escritórios

Jusbrasil é um portal de informações jurídicas que consegue a proeza de reunir tanto a comunidade jurídica quanto cidadãos em geral. Por ser um site consolidado e que agrega bastante conteúdo, ele ranqueia muito bem no Google.

Então, o Jusbrasil é uma vitrine importante para seu escritório de advocacia. Além de todas as funcionalidades que ajudam a conseguir mais clientes, você pode usar o Jusbrasil como estratégia de marketing de conteúdo. Inclusive, você pode aproveitar este canal para direcionar os leitores do Jusbrasil para o site do seu escritório. Também pode acompanhar e interagir com conteúdos de terceiros, o que ajuda a aumentar a visibilidade do perfil do seu escritório.

2- Criar um perfil de empresa no Google

Com a ferramenta Perfil da empresa no Google, você pode criar a página do seu escritório no Google. Não é o mesmo que um website, mas é um ponto de referência no Google que vai ser mostrado sempre que alguém fizer uma busca pelo seu escritório. Isso vai colocar seu escritório no Google Maps, vai ajudar as pessoas a te localizarem e entrarem em contato.

Essa é uma ferramenta que funciona como uma estratégia de geomarketing. Além disso, é uma forma de ter controle sobre os dados que são associados ao seu escritório, em relação a localização, dados de contato, horários de funcionamento etc. Tudo isso pode facilitar bastante a experiência de quem vai te procurar.

3- Fazer Stories em eventos relacionados à sua área de atuação

Você frequenta congressos jurídicos? Frequenta eventos relacionados às associações e entidades que você atende? Ou frequenta eventos gerais que têm alguma relação com o seu negócio ou o negócio dos seus clientes?

Quando estiver nestes eventos, não perca a chance de postar em tempo real no Instagram ou Facebook. Leva só alguns segundos, é simples e pode fazer maravilhas para a sua marca, seu posicionamento digital e seu networking.

Quando você posta, está mostrando aos clientes que é ativo na sua profissão, que está se atualizando, que está envolvido nas principais discussões do segmento. Também está provendo mais conteúdo para as redes sociais, cujo algoritmo vai interpretar que seu perfil é ativo, aumentando as chances de entrega do seu conteúdo para mais pessoas.

4- Fixar posts no seu perfil do Instagram

Recentemente, o Instagram passou a permitir “fixar” posts do Instagram no topo do feed, assim como o Twitter já tem os “pinned tweets”.

A possibilidade de fixar posts no Instagram te coloca no controle daquilo que o usuário vai ver primeiro, independente de outras coisas terem sido postadas mais recentemente. Essa é a sua oportunidade de destacar os posts que você gostaria que as pessoas vissem primeiro quando elas chegam até a sua conta.

Você pode fixar até 3 posts, à sua livre escolha, então é importante ser estratégico na sua escolha. Você pode fixar, por exemplo:

  • os posts que contêm informações mais relevantes sobre seu trabalho ou sobre algum assunto que está em alta no momento;
  • os posts cuja aparência combinam melhor com a estética geral do seu perfil;
  • os posts que acumulam mais engajamento;
  • os posts de “introdução” (Quem você é, o que seu escritório atende etc).

5- Fazer publicidade de decisões jurisprudenciais com foco nas consequências práticas

Sempre que sai uma nova jurisprudência relevante, advogados se interessam em conhecer os termos dela. Mas para o cliente leigo em Direito, saber o que foi decidido não ajuda muito. Interessa mais saber o que ela significa na prática. Essa é a sua chance de explicar!

Em vez de redigir conteúdos técnicos sobre a decisão, ou apenas noticiar a sua publicação, elabore conteúdos práticos e objetivos que instruam seus leitores sobre as consequências essa decisão vai gerar na vida ou na empresa dele.

Quando você escreve um texto que responde a perguntas relevantes sobre o tema, de forma simples e bem estruturada, o algoritmo do Google o entenderá como relevante e o entregará para quem pesquisar sobre o tema.

 

Sobre o autor

Alexandre de Souza Teixeira é Head e Sócio Fundador da In Company e especialista em marketing jurídico há 16 anos. Para conhecer mais sobre o trabalho do Alexandre, acesse seu site clicando aqui!

 

Quem está dando seus primeiros passos no mercado costuma ter dificuldades para garantir que seu negócio seja visto por potenciais clientes.

A alta concorrência pode ser desestimulante para o novo advogado que deseja oferecer seus serviços, mas que se sente pequeno demais em meio a um ramo tão gigantesco. 

No entanto, nada é tão ruim quanto parece! Felizmente, existem várias estratégias que podem ser aplicadas agora mesmo no meio digital

Hoje vamos falar sobre como é possível aumentar a visibilidade do seu negócio entre potenciais clientes, com ações que você mesmo pode implementar! 

Separamos 5 dicas simples (90% delas são gratuitas 😱), e pasmem: muitos advogados ainda não estão usufruindo delas como deveriam! 

Essa é a sua oportunidade. Vamos lá?

1- Esteja presente no Google Meu Negócio

Ferramenta grátis do Google, o Google Meu Negócio permite que empresas e profissionais se cadastrem e disponibilizem diversas informações do seu negócio ao público. 

Dessa maneira, a pessoa que faz uma pesquisa por serviços relacionados ao que você oferece ou até mesmo que busca o seu nome, vai encontrar uma ficha completa com dados de contato, endereço e tudo mais. 

Essa, com certeza, também é uma ótima estratégia para você crescer na sua região, uma vez que os resultados de pesquisa são vinculados ao Google Maps, o famoso aplicativo de localização. 

Veja algumas das vantagens do Google Meu Negócio:

  • Nome, endereço, telefone e e-mail para fazer contato;
  • Horário de funcionamento;
  • Formas de pagamento;
  • Envio de mensagens (canal direto de comunicação com o público);
  • Vitrine de serviços oferecidos (ótimo para apresentar áreas de atuação);
  • Postagens de conteúdos e atualizações do negócio;
  • Espaço para avaliações do público;
  • Insights com as principais análises de desempenho que podem proporcionar maior conhecimento sobre os potenciais clientes.

Atenção: recentemente o Google informou que o Google Meu Negócio será descontinuado e os empreendedores poderão administrar seu cadastro diretamente no Google Maps ou na Pesquisa Google. 

Contudo, você não deve se preocupar! É apenas uma mudança de formato, bem comum entre os produtos Google.

Enquanto ela não acontece, ainda é possível cadastrar o seu negócio na plataforma atual. Para isso, utilize uma conta do gmail. 

A nossa dica é: crie uma nova conta do gmail somente para gerenciar o perfil do seu negócio nos produtos Google. Muitos profissionais vinculam seus e-mails pessoais e isso não é considerado uma boa prática. 

2- Utilize o WhatsApp Business

Hoje em dia o contato com potenciais clientes é feito prioritariamente via WhatsApp. Quase todo mundo tem o aplicativo instalado e prefere se comunicar por ele.

Nesse ponto em específico, muitos advogados pecam ao não utilizarem a versão comercial do app, o chamado WhatsApp Business.

Através da versão empresarial, dados como endereço, e-mail e site (se houver) podem ser cadastrados. 

Além de demonstrar mais profissionalismo, a ferramenta tem uma série de elementos que auxiliam o advogado na interação com clientes. Veja abaixo:

  • Mensagens automáticas, como saudação ou informações necessárias para o atendimento;
  • Etiquetas para categorizar conversas, gerando maior organização;
  • Catálogo de serviços, interessante para informar áreas de atuação;
  • Estatísticas de engajamento e alcance nas conversas com clientes.

3- Posicione-ne nas redes sociais

As pessoas passam vários momentos do dia consumindo conteúdo das redes sociais, razão mais que suficiente para você divulgar a sua prestação de serviços por lá.

Como na advocacia não é permitido fazer prospecção ativa devido às limitações do Código de Ética da OAB, a chave dessa estratégia é entregar conteúdos informativos! 

Verifique qual rede social faz mais sentido para o tipo de público que você deseja atingir, e comece a otimizar o seu perfil para as pessoas saberem mais sobre sua atuação jurídica. 

Se surgir dúvidas sobre o que falar, faça o seguinte raciocínio: quais são as principais dúvidas das pessoas sobre determinada área? 

Por exemplo, se você é um advogado trabalhista, pode falar mais sobre verbas rescisórias, aviso prévio e demais direitos dos trabalhadores. 

Dessa forma, o público começa a enxergar o seu perfil como uma autoridade no assunto. Explore vídeos curtos, publicações em texto e tudo mais que a rede social proporcionar. 

Dica de leitura obrigatória: 7 dicas para advogados nas redes sociais.

4- Peça indicações

Não tem jeito, usar indicações como estratégia de aquisição de clientes para o seu negócio ainda pode e deve ser feito! Nada melhor do que o famoso boca a boca para que mais pessoas conheçam os seus serviços. 

Por isso, não deixe de pedir indicações para os clientes que você já atendeu (e que se sentiram satisfeitos com sua atuação). 

Se até grandes e consolidados escritórios de advocacia trabalham com programas de indicação, porque é que você não poderia aproveitar essa tática simples e gratuita?

O posicionamento de um advogado no meio digital proporciona mais contatos com potenciais clientes.

5- Cadastre-se em uma plataforma jurídica com foco em divulgação

Até aqui falamos sobre várias ações gratuitas que podem fazer toda diferença no seu posicionamento digital e auxiliar na retenção de potenciais clientes. 

Uma outra estratégia super válida e que tem total foco na divulgação dos seus serviços, é se cadastrar em uma plataforma com essa finalidade.

E aqui, nós indicamos a MaxJus, ferramenta direcionada à advogados que desejam ter um espaço para se divulgar e ao público em geral que busca auxílio jurídico qualificado. 

Com a MaxJus, você pode:

👉🏽 Criar uma página de serviços com seus principais meios de contato;

👉🏽 Publicar artigos sobre sua área de atuação e demonstrar sua autoridade;

👉🏽 Publicar vídeos informativos para captar a atenção de potenciais clientes;

👉🏽 Compartilhar sua página nas redes sociais.

 Conheça já nossos planos de assinatura com descontos imperdíveis.

Dica extra: veja o que seus concorrentes estão fazendo! 

Não é errado verificar o que os concorrentes estão fazendo, tenha certeza de que eles também fazem isso. 

A ideia aqui é se inspirar nas boas práticas dos colegas da área e observar o que não fazer, em hipótese nenhuma. 

Abordagem usada nas redes sociais, conteúdos publicados no Google Meu Negócio, mensagens de automação e o tipo de atendimento que eles entregam ao cliente via WhatsApp (vale até fazer um cliente oculto), são itens a serem observados.

Essa ação faz parte do chamado benchmarking, processo incluso no planejamento estratégico que todo negócio deve fazer. 

A virada de chave é entender que não importa a experiência e tamanho da sua carreira, se você começa a implementar ações de nível estratégico hoje mesmo – como todas as dicas que mencionamos no texto – os resultados virão.

Daí, o caminho natural é: analisar o desempenho, seja bom ou ruim + otimizar o que puder + testar novamente. Um ciclo sem fim e cheio de aprendizados!

 

Gostou das nossas dicas? Se aprofunde na prospecção de clientes e veja quais são os melhores canais para advogados fazerem isso.